Links Comestíveis – Cheirando memórias

Você provavelmente (ainda) não leu Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, mas com certeza já ouviu falar da famosa cena das madeleines, que abre a série. Um dia, Proust está na casa da mãe, que lhe oferece madeleines para comer junto com o chá. Ele mergulha o docinho no líquido e o cheiro dispara memórias distantes:

E de súbito a lembrança me apareceu. Aquele gosto era o do pedacinho de madeleine que minha tia Léonie me dava aos domingos pela manhã em Combray…

E assim começa a viagem sentimental de M. Proust por seu passado – moças em flor, passeios à beira-mar e uma série de grandes textos deliciosos.

O link de hoje não fala das madeleines, mas de como o cheiro pode estimular nossas memórias. (texto em inglês). Proust sabia muito bem o que estava dizendo – e eis que a ciência prova! E você, tem algum gatilho olfativo?

Para ler: No Caminho de Swann, o primeiro tomo da série Em Busca do Tempo Perdido. A versão brasileira foi traduzida lindamente por Mário Quintana. De ler em uma só sentada, acompanhado ou não de chá com bolinhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s